Referente ao desenvolvimento de processos biotecnológicos, a Processium emprega metodologia própria para o design de processos de separação e purificação (DSP). A partir das concentrações e caraterísticas dos compostos produzidos via síntese biotecnológica (fermentação/catálise enzimática), o DSP é desenvolvido por etapas, aliando abordagem computacional e experimental, para minimizar os riscos e acelerar a industrialização.

A metodologia é dividida em 4 fases:

fase-1

A partir dos dados disponíveis (composição do mosto, propriedades físico-químicas dos produtos, dados termodinâmicos, etc.), elabora-se fluxogramas a partir da seleção das tecnologias mais apropriadas e identificação dos parâmetros-chave para à concepção do DSP. O screening das tecnologias é realizado com o auxilio de um software expert desenvolvido internamente (DEEPER). As alternativas de DSP são apresentadas e comparadas usando critérios definidos com o Cliente: CAPEX, OPEX, robustez, propriedade industrial, rendimento do processo, pureza dos produtos, produção de efluentes, etc.

admin-ajax

O DSP retido ao final da Fase 1 é estudado com maior profundidade. São realizados cálculos/simulações, medições de propriedades físico-químicas e de dados termodinâmicos, ou ainda levantamento de dados experimentais das tecnologias. Nesta etapa pode-se efetuar também a seleção de solventes para as tecnologias extrativas. A partir dos resultado, realiza-se o design do processo industrial. Considerações para o design do biorreator (ex. fermentador) ocorrem nesta fase.

admin-ajax-1

Nesta fase realiza-se um down-scale do processo para ensaios em pilotos de laboratório. Os testes conduzidos nos laboratórios da Processium permitem validar o balanço de massa e produzir as primeiras amostras do produto para o Cliente. Efluentes também são analisados para avaliar o impacto do seu tratamento. Todas as condições de ensaios são definidas com base em estudos preliminares HAZOP.

admin-ajax-2

O escopo desta fase é vinculado à maneira como o cliente deseja conduzir a industrialização de seu projeto. Caso o cliente deseje construir sua própria planta industrial, ou mesmo uma planta de demonstração para assegurar o conteúdo de uma licença, a Processium elabora um Process Technology Package, contendo todos os dados de processo necessários para dar início à fase de engenharia: fluxograma do processo, balanço de massa e energia, dimensionamento das operações unitárias, condições de operação etc. A Processium também fornece suporte ao cliente no gerenciamento da interface entre empresas de engenharia e fornecedores das tecnologia. O cliente também pode optar por terceirizar a produção. Neste caso, a Processium acompanha o cliente para determinar o melhor contratante e também para adaptar o projeto aos equipamentos da empresa parceira.

Nossos diferenciais

analytics-10

Estimativas CAPEX e OPEX

003-network

Metodologia exclusiva

flask-1

Validação via piloto de laboratório

049-flask

Produção de Amostras

Estudos de Caso

Para informações adicionais, entre em contato!